WhatsApp terá que se explicar sobre nova política de privacidade

O Facebook, que é dono do WhatsApp, tem o prazo de 15 para se explicar. A determinação foi feita pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon)
Por João Paulo Castro
Publicado em 05/02/21 às 18h26
whatsapp política
whatsapp política

Manaus – A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao Ministério da Justiça, determinou que o Facebook explique como alterações na política de privacidade do aplicativo de mensagens WhatsApp. A informação foi divulgada pelo jornal O Globo nesta sexta-feira (5).

O prazo é de 15 dias e, conforme as mudanças, que preveem o compartilhamento de dados entre as duas redes, levantará a vigorar no próximo mês de maio.

A notificação emitida pela Senacon, nesta sexta-feira, tem dez perguntas a serem respondidas pelo conglomerado Facebook, que comprou o WhatsApp em 2014.

Hoje, só compartilha os dados do WhatsApp com o Facebook quem quiser. A partir de maio, os usuários da UE que não aceitarem uma nova política de privacidade não protegida pelo uso do aplicativo.

São exemplos de dados coletados que são repassados transações comerciais e pagamentos realizados, informações sobre o celular utilizado (modelo, nível de bateria etc.) e o endereço do IP.

Com informações do jornal O Globo
Foto: Reprodução

Leia também: Wilson Lima anuncia que bares e restaurantes poderão funcionar no sistema de delivery

Adjuto Afonso é eleito secretário Geral da União de Parlamentares Sul Americanos e do Mercosul

whatsapp política

veja mais

veja mais

Copy link
Powered by Social Snap