Portal Tucumã
Copyright ©2022 Portal Tucumã.
Todos os direitos reservados.

7 de agosto, 2022

Wilson Lima reúne com procurador-geral da República, Augusto Aras

Reunião com Augusto Aras ocorreu um dia após o procurador-geral visitar a cidade de Atalaia do Norte
Wilson Lima
(Foto: Divulgação)

Manaus (AM) – Segurança Pública foi a pauta da reunião entre o governador do Amazonas, Wilson Lima, e o procurador-geral da República, Augusto Aras, na tarde desta segunda-feira (20), em Manaus. O encontro ocorreu no Aeroporto de Ponta Pelada, na zona sul de Manaus, e contou com a presença do secretário de Estado de Segurança Pública, general Carlos Alberto Mansur.

Na ocasião, Lima reafirmou o compromisso da sua gestão com a segurança pública e destacou investimentos realizados pelo governo estadual, sobretudo no combate ao tráfico de drogas nos últimos anos. O destaque é para a Base Fluvial Arpão, implantada para sufocar o tráfico de drogas no Rio Solimões.

A reunião com Augusto Aras ocorreu um dia após o procurador-geral visitar a cidade de Atalaia do Norte, para acompanhar os desdobramentos da operação que elucidou o homicídio e ocultação de cadáver do indigenista Bruno Pereira e do jornalista estrangeiro Dom Phillips.

Desde a notificação do crime, as forças de segurança pública do Amazonas enviaram reforços para a região para o trabalho de buscas e investigações. A operação envolve a Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, sob a coordenação da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM). Três envolvidos no crime já estão presos, os vestígios humanos das duas vítimas foram localizados e as investigações seguem em curso, dentro da força-tarefa com os órgãos federais.

Wilson Lima e Augusto Aras falaram da necessidade de ampliar a capacidade operacional naquela região. E o governador determinou ampliação do efetivo de policiais militares na cidade de Atalaia do Norte, em consonância ao entendimento do PGR.

“Eu acabei de me reunir com o secretário de Segurança e a gente já começa a montar uma estratégia. E vamos continuar discutindo com o Governo Federal quais outras iniciativas a gente vai montar para garantir a tranquilidade de quem mora naquela região”, destacou o governador.

Leia mais:

MATERIAS RELACIONADAS